Todo o cuidado é pouco no que toca à saúde das crianças pequenas. Depois da festa de segundo aniversário de Sienna Duffield, a sua mãe, Savina French-Bell, viu uma ferida no rosto da filha. Essa erupção foi ficando maior e maior, até se tornar num completo pesadelo para a criança e para a família. Seriam precisos oito meses antes que os médicos perceberem o que estava por trás da terrível erupção cutânea de Sienna.

“Começou a parecer que alguém jogou ácido sobre o rosto dela, que se espalhou da boca para as bochechas e até para cima de seus olhos”, disse a Savina. Apesar de terem tentado diversos tratamentos, a terrível erupção cutânea de Sienna não desaparecia, e os médicos não sabiam o que fazer. Durante oito meses, Sienna sofreu muito com as feridas que tinha no rosto.

A condição de Sienna se tornou tão grave que o rosto dela ficou coberto de bolhas dolorosas que sangraram quando rebentavam. A mãe diz que a cara da filha parecia estar sendo comida viva. As roupas de Sienna estavam constantemente cobertas de sangue. Para além disso, ela tinha dificuldade em comer por causa da dor em sua boca.

Como se todo o sofrimento não fosse suficiente, quando saía com a filha, a mãe recebia olhares estranhos e comentários cruéis. No início, os médicos achavam que as erupções cutâneas de Sienna eram causadas por um eczema ou alergia, mas nenhum dos medicamentos que prescreveram teve efeito. No final, Sienna teve de ser hospitalizada. Ela não podia mais comer e os médicos tiveram que mantê-la alimentada através das veias.

Desesperada por achar o culpado, a mãe de Sienna tentou se recordar de tudo o que aconteceu no dia anterior à erupção cutânea da filha. Ooito meses após o primeiro incidente, Savina lembrou-se que um parente tinha dado um beijo a Sienna. A família veio a descobrir que o parente tinha herpes, e passou o vírus para a menina!

Sienna foi infetada pelo Vírus da Herpes Simples 1. Devido à descoberta da mãe, os médicos puderam fornecer o tratamento adequado, e a pela de Sienna ficou curada. “Nos últimos meses, o rosto de Sienna está incrível e a infeção não retornou”, disse Savina. “Sempre há uma chance de voltar, mas estou cruzando os dedos para que não aconteça… É ótimo poder sair e não receber comentários horríveis de ninguém.”

A mãe agora quer advertir outros pais para não deixarem ninguém beijar os seus filhos. Embora não seja visível, qualquer pessoa pode ter herpes, e as crianças pequenas são muito sensíveis. Um beijo pode ser muito perigoso para os bebês indefesos. Por favor, ajude a compartilhar isso com todos os pais que você conhece!

Fonte: Newsner

Compartilhe com seus amigos!