Você já teve catapora? Provavelmente sim! Apesar de ser uma doença irritante e desconfortável, muitos médicos não dão à devida atenção, haja visto que não é considerada perigosa.

Só que para Hayley Lyons, que mora em Warrington, Inglaterra, a catapora de seu filho se tornou um grande pesadelo. Certo dia seu filho, Lewis, estava com febre muito alta, preocupada, ela imediatamente o levou ao médico.

Lá o profissional que a atendeu receitou ao seu filho Ibuprofeno, um medicamento muito comum entre a população, ele é um analgésico muito receitado pelos médicos, a mulher confiou no receituário e ministrou ao seu filho.

Depois de medicado com o Ibuprofeno, a situação de Lewis piorou muito, Hayley desesperado levou o menino ao hospital novamente, onde precisou ficar internado, haja visto que ele foi diagnosticado com uma infecção grave.

A razão foi o medicamento que o primeiro profissional receitou a Lewis, que pode ter um efeito aterrorizante para quem esta sofrendo com catapora, a inglesa ficou desesperada com a situação do filho e querendo ajudar outras mães sobre o perigo.

Ela decidiu publicar uma mensagem no Facebook, para avisar outras mães sobre o risco de usar Ibuprofeno quando a criança está com catapora.

Veja o alerta de Harley:

“A catapora está por aí novamente. Preciso lembrar as pessoas de NÃO dar aos seus filhos ibuprofeno…

Quatro médicos diferentes da nossa cidade prescreveram-no para Lewis, pois não conseguíamos abaixar sua temperatura. Este tipo de medicamento é um anti-inflamatório, mas reage com a catapora fazendo com que penetre no tecido da pele.

Foi só quando levamos Lewis para Alderhey – porque os médicos do primeiro hospital continuaram a mandá-lo para casa dizendo que era “apenas catapora” – que descobrimos isso.

Ele teve septicemia e foi internado direto em Alderhey assim que chegamos lá.

Só porque nós perseveramos e levamos Lewis para um hospital infantil, ele ficou bem.

Isso poderia ter acabado muito pior se não fosse por esses médicos em Alderhey e seus conselhos, cuidados e conhecimento.

Utilize apenas medicamentos que não contêm paracetamol nesses casos. Na verdade, está no site do Nurofen para não tomar este medicamento com catapora. (Descobrimos isso depois que aconteceu). Mas quando nossos médicos prescrevê-lo, quem vai questioná-los?”.

Graças ao instinto materno, ela percebeu que aquilo estava errado e levou seu filho rapidamente para o hospital, isso foi primordial para que nada mais grave acontecesse com seu filho.

Essa história serve como alerta para outras mães, que nunca se deve ministrar Ibuprofeno, caso seu filho esteja com catapora ou outras doenças que tenham uma interação negativa com o medicamento. Na dúvida procure sempre uma segunda opinião médica.

Saiba mais sobre a catapora nesse vídeo:

O que achou dessa história? Deixe sua opinião!

Compartilhe com seus amigos!