Médicos admitem que esse tipo de lesões íntimas estão aumentando e explica a razão. Entenda o perigo.

Uma mulher contou o momento terrível em que ela quebrou o ‘’documento’’ do seu namorado, durante uma #relação íntima. Megan Barker, de Guildford, na Inglaterra, e seu parceiro, o modelo Adam Francis, estavam na hora “H” quando um ruído, angustiante, como se fosse um rasgo, interrompeu sua sessão.

Megan, de 23 anos, disse que o quarto ficou se parecendo com uma “cena de crime”, pois havia “sangue em todos os lugares”. Seu namorado de 24 anos, traumatizado, ainda sofre com essas recordações dolorosas até hoje, apesar de ter feito uma recuperação completa.

Foi com algum alívio que Megan revelou que eles estão de volta à intimidade no quarto, após o namorado ter garantido uma recuperação total.

A jovem loira ainda brincou, dizendo que ainda têm muito para compensar, pelos últimos seis meses mais complicados em suas vidas. Afinal, depois do grande susto, eles viveram o difícil tempo de recuperação, contou a jovem, em declarações para o jornal inglês Sun.

Como tudo aconteceu

O casal se conheceu através de amigos em comum, em 2013, e rapidamente se apaixonaram um pelo outro. Megan ficou encantada com a beleza de Adam, que é modelo, e nem pensou duas vezes, quando ele a convidou para um encontro. Pouco depois, eles se tornaram um casal, com uma vida íntima muito “saudável”, contou Megan.

No entanto, sua felicidade mudou nessa noite, quando eles estavam vivendo um momento mais apaixonado. “Adam se mexeu de repente, atrás de mim, e eu arqueei minhas costas, e ouvi esse rasgão horrível”, contou a jovem loira.

Quando Megan se virou para olhar Adam, que acabava de dar um grito angustiante, ela percebeu o que havia acontecido. “Ele estava branco”, relembrou Megan, que só viu o namorado agarrado a suas virilhas e viu todo o sangue jorrando do namorado.

Adam correu para o banheiro, enquanto ela começava a entender que acabava de quebrar o ‘’documento’’ do seu namorado. Foi nesse momento que ela chamou o serviço de emergência, e Adam estava no chão do banheiro se contorcendo com dores.

Situação muito dolorosa
Quando os paramédicos chegaram, Megan disse que estava com muita vergonha de dizer o que realmente aconteceu. Nos dois meses seguintes, Adam disse que ficou em absoluta agonia.

“É indescritível. Para acrescentar a toda dor, eu não sou muito bom com o sangue, então foi o que acabou comigo. Eu estava completamente enlouquecendo”, acrescentou Adam.

Cresce número de lesões

De acordo com o osteopata Stephen Makinde, diretor clínico da clínica Perfect Balance, em Londres, o número de lesões íntimas está aumentando e ele explica que isso poderia estar relacionado com o número crescente de #casais “mais aventureiros”.

 

Compartilhe com seus amigos!